em RELEASE

Crescimento do interesse de produtores em agricultura digital está no radar da AgroBrasília

Crescimento do interesse de produtores em agricultura digital está no radar da AgroBrasília
jun
30
Ter

Atenta à tendência, Coopa-DF realiza, de 6 a 10 de julho, a AgroBrasília Digital, edição da Feira totalmente eletrônica, virtual, online e gratuita, cuja programação irá contemplar tecnologias, negócios e conteúdo técnico

Instituições ao redor do mundo apontam para o crescimento do interesse dos produtores rurais em agricultura digital, processo que se intensifica em razão da necessidade de distanciamento social imposta pela pandemia do novo coronavírus. Mapeamento da consultoria global de gestão e estratégia Boston Consulting Group mostra que 45% dos empresários rurais brasileiros planejam aumentar o investimento em novas tecnologias para a lavoura. Do universo de entrevistados pela consultoria, 36% já investem regularmente em digitalização, a maior parte localizada no Centro-Oeste e no oeste da Bahia.

O índice nacional está próximo do encontrado nos Estados Unidos e bem acima do de países europeus como Alemanha. Na avaliação do diretor da consultoria, Fleuri Arruda, produtores de pequeno e médio portes tendem a ganhar representatividade nesse processo, embora em menor intensidade. Entre as culturas, soja, algodão e cana-de-açúcar devem receber o maior volume de investimento em automação.

A expansão da agricultura digital vinha se acelerando mesmo antes da pandemia, incluindo as mais diversas culturas agrícolas, regiões e segmentos de produtores. O formulário United Nations Global Compact: Digital Agriculture, de 2017, apontava que o mercado mundial da agricultura digital em 2021 seria de 15 bilhões de dólares. Além disso, de acordo com o mesmo documento, 80% das empresas esperavam ter vantagens competitivas nesse setor.

Sob outro prisma, grandes companhias empreendem ações para ampliar a digitalização da agricultura. É o que faz, por exemplo, o grupo de empresas que promove o ConectarAGRO, uma iniciativa que visa difundir solução tecnológica voltada à expansão do acesso à internet nas regiões agrícolas brasileiras. Fazem parte da ação corporações como a Jacto, a CNH Industrial – que detém as marcas New Holland e Case IH, a AGCO – que detém a Massey Fergunson, entre outras.

Radar da AgroBrasília Digital

A tendência de crescimento da agricultura digital está no radar da Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), que irá realizar, de 6 a 10 de julho, a AgroBrasília Digital, uma edição da Feira totalmente eletrônica, virtual, online e gratuita. Na programação, tecnologias, negócios e conteúdo técnico.

Além de sempre focar nas mais recentes tecnologias, sistemas e processos, a Feira adota em 2020 uma nova forma de fazer negócios para o agricultor, por meio de uma plataforma digital. O site digital.agrobrasilia.com.br será o meio de conexão do evento com o campo. Durante cinco dias, haverá lives (transmissão de vídeo ao vivo), palestras e conteúdos exclusivos, reunindo personalidades e especialistas do agro.

Como no evento físico, a AgroBrasília Digital apresentará condições favoráveis para compra, a exemplo de preços e opções de financiamento, além da presença de instituições de crédito, o que simplifica a vida do produtor. O acesso, como sempre, é livre e gratuito, com toda a comodidade e segurança que os produtores, parceiros comerciais e apoiadores da Feira merecem.

Os visitantes poderão acompanhar os eventos, navegar pelos estandes para conhecer os produtos e serviços e entrar em contato direto com o expositor, tudo por meio da plataforma online. Cada expositor terá um espaço dentro da plataforma, em que poderá publicar suas informações, produtos e contatos.

Para o presidente da Coopa-DF, José Guilherme Brenner, o objetivo da organização é continuar a proporcionar ao empresário rural meios de integração com empresas de tecnologia e instituições financeiras, agora em ambiente virtual. “Estamos aprendendo a trabalhar com novas ferramentas, plataformas, para que a AgroBrasília continue a ser um espaço relevante de negócios e conhecimento de tecnologias, para produtores e empresas. A alternativa digital, acredito, também trará oportunidades que enriquecerão a AgroBrasília na próxima edição. Para o produtor, é mais um impulso de inovação, nesse caso na forma de fazer negócio, por meio da plataforma digital”, analisa Brenner.

Ressaltando que a AgroBrasília é um destaque mundial na área de tecnologias voltadas à agricultura tropical, o presidente da Feira, Ronaldo Triacca, afirma que as expectativas são boas quanto ao evento virtual. “Vamos utilizar uma ferramenta nova e há desafios nisso. Mas achamos que a AgroBrasília Digital alcançará sucesso. Muitos expositores retornaram positivamente quanto à participação e reforçamos nosso convite aos produtores.”

Por Dâmares Vaz

Vincere Associados:

Dâmares Vaz – (61) 98146-2439

Lydia Costa – (61) 98432-1328

Taynã Rodrigues – (61) 98347-2021