Emater-DF apresenta 11 circuitos tecnológicos na AgroBrasília Digital Com 11 circuitos tecnológicos

Emater-DF apresenta 11 circuitos tecnológicos na AgroBrasília Digital Com 11 circuitos tecnológicos
jul
02
Qui

Com 11 circuitos tecnológicos, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF) participa a partir da segunda-feira, 6 de julho, da AgroBrasília Digital, versão virtual da Feira agropecuária, que teve a edição presencial deste ano cancelada devido à pandemia do novo coronavírus. A Emater-DF vai participar com uma página com informações para produtores e o público urbano.

Uma série de vídeos com técnicos da empresa mostrará os detalhes de seis circuitos – fruticultura, horticultura, saneamento rural, agroecologia, bovinocultura e floricultura. Além disso, estarão disponíveis no site do evento palestras virtuais, programação de lives e vídeos de orientação a produtores sobre gestão da propriedade.

Desde o segundo semestre de 2019, a Emater-DF preparava seu espaço no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, onde ocorre a AgroBrasília, com novidades aos produtores. “Infelizmente, a pandemia obrigou que a Feira fosse cancelada presencialmente, mas ainda assim levaremos ao público, por meio da internet, informações técnicas e inovações tecnológicas desenvolvidas por nossos extensionistas”, disse a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca.

A AgroBrasília 2020 será realizada de forma virtual, no período de 6 a 10 de julho. A página da Emater-DF pode ser acessada no link: https://digital.agrobrasilia.com.br/expositores/emater-df.html.

Veja os temas abordados pela Emater-DF na AgroBrasília

AGROECOLOGIA

Sistemas Agroflorestais – SAFs;

Manejo agroecológico de frutíferas;

Produção orgânica de bovinos leiteiros e manejo agroecológico de aves de postura;

Produção de bioinsumos.

 

AVICULTURA

Sistema de produção e bem-estar animal;

Sistema de criação caipira semi-intensivo;

Demonstração de equipamentos e de campo agrostológico de forragens para aves.

 

BOVINOCULTURA

Confinamento de gado de corte;

Bovinocultura de leite a pasto.

 

FRUTICULTURA

Implementação de pomares e diversificação de cultivo;

Cultivo de frutíferas – banana, abacate, pitaya, mirtilo, goiaba e atemoia.

 

FLORICULTURA

Sistemas agroflorestais com produção de flores de corte e mel – jardins melíferos;

Produção de flores de corte;

Tendências no paisagismo;

Produção de mudas nativas do projeto Granja do Ipê.

 

GESTÃO AMBIENTAL

Usos múltiplos da água em áreas urbanas e rurais;

Técnicas de irrigação;

Conservação de solo, tipos de APP e reserva legal.

 

OLERICULTURA

Cultivo protegido de tomate, pimentão e folhosas;

Novos materiais genéticos de folhosas e raízes tuberosas;

Boas práticas agrícolas, rastreabilidade e irrigação localizada de hortaliças.

 

ORGANIZAÇÕES SOCIAIS

Mostra de produtos das organizações sociais;

Processamento de alimentos;

Circuito de agroindústria e turismo rural.

 

PISCICULTURA

Espécies de peixes – demonstração em aquário;

Sistemas de produção em viveiros escavados, revestidos;

Tanques de geomembrana e de ferrocimento;

Modelos de sistemas de aeração.

 

SANEAMENTO RURAL E SEGURANÇA ALIMENTAR

Opções de saneamento básico para a propriedade rural (água, lixo e esgoto);

Boas práticas agropecuárias com foco em segurança alimentar.

 

SUINOCULTURA

Boas práticas agrícolas aplicadas à suinocultura;

Bem-estar animal;

Defesa sanitária e vigilância epidemiológica.

 

Fonte das informações e da imagem: Emater-DF.